Qual é o local mais úmido e o mais seco do planeta?

7 02 2008

doidin de Deus ambrósio e grampulino ddd seco e umido

Qual é o local mais úmido do planeta?

É a cidade de Mawsynram, no nordeste da Índia, que fica em um estado chamado Meghalaya, cujo nome quer dizer literalmente “morada das nuvens” no idioma hindi. Lá, a média anual de chuvas chega a 11 873 milímetros, seis vezes mais do que a úmida Manaus (AM), por exemplo.

O curioso é que toda essa água costuma cair apenas num período do ano, entre junho e setembro. A explicação para essa concentração são as chamadas monções, fenômeno climático que atinge sul e sudeste asiáticos. “Durante o verão (que acontece no meio do ano na Índia), os ventos que sopram do oceano trazem para o continente uma massa de ar quente e úmido, descarregando chuvas torrenciais. No inverno, os ventos atuam no sentido contrário, reduzindo as precipitações”, afirma o meteorologista Carlos Augusto Morales, da USP.

Por causa das monções, cerca de 70% das chuvas na Índia caem na época do verão. Nos meses de inverno, quando as precipitações correspondem a apenas 1% do total, pode haver até falta d’água. Outro lugar onde as nuvens não dão trégua é o monte Waialeale, na ilha Kauai, no Havaí, que tem uma média anual de 11 684 milímetros de chuva. No Brasil, a região Amazônica é a mais úmida. “Nas altas temperaturas do clima equatorial, ocorre uma enorme evaporação da água dos rios amazônicos, favorecendo as constantes precipitações”, diz Carlos.

E qual é o local mais seco?

É o deserto do Atacama, no Chile. Nele, cidades como Iquique e Antofagasta só vêem chuva forte uma ou duas vezes por século! No município de Arica, um dos mais secos do deserto, a média de chuvas não ultrapassa 0,5 milímetro por ano. “Para efeito de comparação, uma tempestade normal no Rio de Janeiro faz cair 10 milímetros em apenas uma hora”, afirma o engenheiro José Vergara, especialista em meteorologia da Universidade do Chile. A explicação principal para a aridez do Atacama é que naquela região é praticamente impossível haver a formação de nuvens de tempestades. A leste do deserto, os quase 5 mil metros de altura da cordilheira dos Andes barram a chegada do vapor d’água que vem da Amazônia.

A oeste, as águas frias da corrente de Humboldt, no oceano Pacífico, causam uma inversão térmica na costa chilena que dificulta a formação das nuvens altas que trazem chuva. Mas a secura do Atacama não é sinônimo de calor. Por causa da altitude elevada – cerca de 2 500 metros – a temperatura do deserto oscila em torno dos 20 ºC em pleno verão.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: