Quinto defeito: Jesus não entende nem de finanças nem de economia.

4 10 2008

Um dia eu encontrei um modo especial de ver a vida do meu mestre. Peço a sua compreensão, pois o que vou afirmar aqui, diante de você, pode parecer até uma heresia: “Abandonei tudo para seguir Jesus, porque amo os defeitos de Jesus”.

Recordemos aqui a parábola dos operários da vinha: “O reino dos céus é semelhante a um pai de família que saiu de manhã cedo para contratar trabalhadores para sua vinha. Saindo em seguida as nove, ao meio-dia, as três e ainda às cinco da tarde (…) mandou-os para sua vinha. Ao final da tarde, pagou um salário a todos eles, começando pelos últimos e terminando com os primeiros” (cf. Mt 20, 1-16).

Se Jesus fosse nomeado administrador de uma comunidade ou diretor de uma empresa, estas instituições fracassariam e decretariam falência. Como é possível alguém pagar o mesmo salário seja a quem começa a trabalhar as cinco da tarde, seja a quem começa desde manhã cedo? Trata-se de um descuido? Ou Jesus errou, fez as contas erradas? Não! Ele fez de propósito, porque – explica – : “Não tenho o direito de fazer o que eu quero com o que é meu? Ou o teu olho é mau porque eu sou bom?” (Mt 20, 15)

Grampulino

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: