Ser o primeiro a amar

17 01 2009

O amor de Deus que Jesus, com o dom de seu espírito, semeou nos nossos corações é um amor completamente gratuito. Ama sem interesse, sem esperar ser recompensado. Não ama apenas porque é amado, ou por outros motivos, mesmo que sejam motivos bons, como numa amizade humana. Não procura ver se o outro é amigo ou hostil, mas ama por primeiro, tomando a iniciativa.

Cristo, quando ainda éramos pecadores, ingratos e indiferentes, morreu por nós (cf. Rm 5,8). “Ele nos amou primeiro”, diz João (IJo 4,19), e assim devemos fazer também nós. “Não espere ser amado pelo outro, mas tomo a iniciativa e comece”, é o que recomenda São João Crisóstomo.

Contemplemos esta arte de amar que o próprio Jesus nos ensina e que é a fonte do esplendor e do encanto da vida cristã.

Abração do Grampulino – DDD

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: