Como surgiu a quaresma?

24 03 2009

A palavra Quaresma vem do latim e significa: quadragésima e é utilizada para designar o período de quarenta dias que antecedem a festa ápice do cristianismo: a ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no famoso Domingo de Páscoa. Esta prática data desde o século IV.

Na quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira (até a Missa da Ceia do Senhor, exclusive – Diretório da Liturgia – CNBB) da Semana Santa, os católicos realizam a preparação para a Páscoa. O período é reservado para a reflexão, a conversão espiritual. Ou seja, o católico deve se aproximar de Deus visando o crescimento espiritual. Os fiéis são convidados a fazerem uma comparação entre suas vidas e a mensagem cristã expressa nos Evangelhos. Esta comparação significa um recomeço, um renascimento para as questões espirituais e de crescimento pessoal. O cristão deve intensificar a prática dos princípios essenciais de sua fé com o objetivo de ser uma pessoa melhor e proporcionar o bem para os demais. Essencialmente, o período é um retiro espiritual voltado à reflexão, onde os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar o espírito para a acolhida do Cristo Vivo, Ressuscitado no Domingo de Páscoa. Assim, retomando questões espirituais, simbolicamente o cristão está renascendo, como Cristo.

Todas as religiões têm períodos voltados à reflexão, eles fazem parte da disciplina religiosa. Cada doutrina religiosa tem seu calendário específico para seguir. A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa luto e penitência.

Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 d. C., a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias. Assim surgiu a Quaresma.

Fonte: CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil Arquidiocese de São Paulo – Vicariato da Comunicação

Acompanhe todas as terças e sextas-feiras as curiosidades aqui no Blog DDD

Anúncios

Ações

Information

5 responses

16 03 2010
Marliete

Realmente a Quaresma é um tempo de conversão de penitência e cabe a nós sabermos conviver este tempo para nos arrependermos do que fazemos de errado e jamais cometer novamente!

26 02 2011
carol

eu acho q vcs deveriam contar a historia de jesus na quaresma …………………………………ta muito sem graça!!!

8 04 2011
Bruna

Quaresma e mesmo um tempo de conversão para pensar em todos nossos atos e pensarmos se seriamos capazes de fazer pelo menos metade do que Deus fez por nos para algum irmão necessitado………………….

4 03 2012
cloves

quando vc vão voltar a nossa comunidade novo mana em nova iguaçu rio de janeiro, estamos com muita saudades de vc,foi muito bom.

29 03 2012
fernanda

ta muito bom a resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: